LIGUE (21) 3172.1756

As 7 forças da liderança, segundo Roberto Justus

“Tudo na vida são forças”, afirma o publicitário e apresentador de TV Roberto Justus. Em palestra durante a 12ª Convenção ABF do Franchising, que acontece até 28 de outubro na Ilha de Comandatuba, na Bahia, Justus elencou as sete forças fundamentais para o sucesso pessoal e profissional.

1. A força de vontade. O que você mais quer na vida? A força de vontade vai levá-lo até lá. Todas as pessoas querem ter sucesso. Isso pode ter vários significados, como ganhar dinheiro, formar uma família. Todos queremos ser bem-sucedidos. Mas, sem força de vontade, não conseguimos. De todas as forças, essa é a que mais podemos controlar. Para isso, o líder precisa saber tomar decisões e saber delegar. Em vez de fazer uma lista de coisas para fazer, precisa ter uma lista do que não fazer.

2. A força da visão. O que faz a diferença? O que leva dois garotos em uma garagem a criar a Apple? Steve Jobs deu à empresa sua grande visão. Essa é uma força que diferencia as pessoas. Em um mundo cada vez mais competitivo, mais importante do que fazer melhor é ver melhor o que vem lá na frente. Uma visão significativa, em todos os casos, antecede uma realização significativa. É preciso enxergar-se grande para ser grande.

3. A força do caráter. Se você prejudica alguém, mais cedo ou mais tarde vai topar com essa pessoa. Caráter é um DNA transmitido por hábitos e exemplos, e o líder é aquele que forma ou deforma o caráter de uma empresa. Uma pessoa de caráter toma decisões pensando em todos. Não muda de opinião apenas para agradar. Fala para o cliente aquilo que ele precisa ouvir, e não o que ele quer ouvir.

4. A força de persuasão. Saber persuadir é uma arte. Você não consegue vender aquilo que não compra. A pessoa que acredita em si e no que quer vender tem uma capacidade de convencer muito maior. E você não vende nada para alguém em que você não acredita.

5. A força da criatividade. Quem quer ter uma vida extraordinária precisa ter ideias extraordinárias. Todos têm talentos escondidos. É preciso cutucar esses aspectos para que apareçam. Como é difícil criar a partir de uma folha em branco, cabe ao líder passar os parâmetros definidos para os liderados. É fundamental pensar fora da caixa, desde que dentro da estratégia.

6. A força da coragem. É preciso ir além das fronteiras criadas pelas próprias limitações. Algumas pessoas preferem estar dentro do caixão a fazer discurso no funeral. A gente tem de acabar com as limitações que a gente cria. Para mudar, é preciso ter coragem para fazer as mudanças necessárias. O cavalo passa selado em alguma oportunidade. Você precisa ter a coragem de montá-lo.

7. A força da paixão. Uma empresa de sucesso é o resultado de um grande trabalho, mas esse sucesso é ainda maior quando há pessoas felizes e apaixonadas. Os empresários vão criar franquias melhores se tiverem pessoas apaixonadas. Para o franqueado, faz uma grande diferença quando ele vê que o franqueador ama o que faz. A escolha deve ser sempre por algo que você ama fazer.

 

Fonte: http://revistapegn.globo.com/Revista/Common/0,,EMI322468-17180,00-AS+FORCAS+DA+LIDERANCA+SEGUNDO+ROBERTO+JUSTUS.html

Trackbacks/Pingbacks

  1. Wendy - 30/10/2012

    see this yet?…

    these guys helped my blog, you should take a look…

Deixe um comentário

*