LIGUE (21) 3172.1756

Empreendedorismo tecnológico no Brasil

Ontem foi ao ar o 3o episódio do Empreendecast que tratou sobre um tema que gostamos muito: o cenário do empreendedorismo tecnológico no Brasil. Nele tivemos as presenças ilustres de Diego Remus e Diego Gomes, editores dos blogs Startupi e ReadWriteWeb.

Inovação é um meio, não um fim
É comum acharmos empreendedores que saem gritando aos quatro ventos que seu projeto é inovador. Porém, ser inovador não é necessariamente a melhor coisa do mundo, o importante é ser útil.

Ser inovador é apenas um meio para ser mais útil que o concorrente.

Copiar um modelo de fora não necessariamente é uma coisa ruim
No episódio foi citada uma frase muito boa “Empreender não é como salto ornamental. Você não ganha mais pontos por causa da dificuldade”.

Ou seja, adaptar modelos do exterior para o mercado brasileiro é uma ótima oportunidade pra quem quer diminuir seu risco.

O governo é atualmente a melhor fonte de financiamento para empresas nascentes
Apesar do mercado de investimentos ainda ser muito pequeno para empresas iniciantes, programas do governo como o PRIME têm desempenhado um papel muito importante no financiamento de novos negócios.

Só vale a pena lembrar que “Com um grande poder vem uma grande responsabilidade”. Por isso, não vamos sair pegando dinheiro do governo só por pegar. Conseguir financiamento é um meio para permitir que projetos bacanas saiam do lugar, e não o objetivo final do empreendedor.

Confira o artigo: como conseguir financiamento da FINEP.

A mídia brasileira está começando a dar mais importância para o empreeendedorismo tecnológico
Nos últimos 2 anos apareceram vários projetos (incluindo o Saia do Lugar) que começaram a conectar a comunidade focada em desenvolver novas tecnologias.

Além do nicho que está se fortalecendo, percebemos que as mídias de massa também têm dado cada vez mais destaque para empresas nascentes de tecnologia.

Por sinal, a Empreendemia esse mês apareceu na Época Negócios (confira) e na Pequenas Empresas Grandes Negócios (confira).

Conclusão
Gosto de dizer que o empreendedorismo de tecnologia no Brasil está “engatinhando a passos largos”. Ainda tem muita coisa pela frente, mas estamos no caminho certo.

Para se aprofundar no tema, não perca o episódio 3 do Empreendecast.

 

Fonte: http://www.saiadolugar.com.br/empreendedorismo/empreendedorismo-tecnologico-no-brasil-aonde-estamos/

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

*