LIGUE (21) 3172.1756

70% dos pequenos empresários veem alta no faturamento, diz Sebrae

23% esperam estabilidade e 7%, queda no resultado nos próximos meses.
Pesquisa inédita é feita em parceria com a Fipe.

O faturamento deve crescer nos próximos meses para 70% dos pequenos empresários do país, aponta pesquisa divulgada nesta quarta-feira (17) pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

De acordo com o levantamento, outros 23% esperam estabilidade e 7%, diminuição do faturamento. Por setor, o comércio é o mais otimista, com 74% dos empresários do ramo esperando aumento dos resultados.

Os dados são de pesquisa inédita do Sebrae, realizada com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Mensalmente, o estudo vai acompanhar a situação e as expectativas sobre faturamento e ocupação nos setores onde atuam microempreendedores individuais (MEI), microempresas e pequenas empresas brasileiras (MPE), diz o Sebrae.

O Índice de Confiança das Micro e Pequenas Empresas (ICMPE) é medido numa escala de 0 a 200, sendo 100 o ponto de equilíbrio. Em setembro, o indicador foi de 122, demonstrando otimismo dos pequenos negócios em ampliar as receitas e as contratações.

De acordo com a pesquisa, os MEIs são os mais otimistas: 78% esperam alta do faturamento. Nas empresas de pequeno porte a fatia é de 73% e, nas médias empresas, de 64%.

Resultado de agosto
O Sebrae revela, ainda, que cerca de 28% das empresas consultadas em setembro afirmaram que o faturamento cresceu em agosto. Outras 46% declararam estabilidade e 26% informaram queda nas receitas.

O número de pessoas ocupadas – considerando o próprio empresário, funcionários com carteira assinada ou não, familiares e outros – também está em alta nos pequenos negócios. Do total, 8% dos entrevistados em setembro ampliaram o número de vagas no mês anterior e 27% planejam contratar mais pessoal até novembro. Outros 84% dos entrevistados mantiveram o número de empregados, o que reflete um cenário econômico favorável.

As empresas de pequeno porte (EPP), que faturam entre R$ 360 mil e R$ 3,6 milhões por ano, foram as que mais registraram elevação no faturamento em agosto: 38% declararam ter tido ganhos maiores que no mês anterior, ante 28% das microempresas (com receita anual até R$ 360 mil) e 26% dos microempreendedores individuais (que faturam no máximo R$ 60 mil por ano).

Fonte: http://g1.globo.com/economia/pme/noticia/2012/10/70-dos-pequenos-empresarios-ve-alta-no-faturamento-diz-sebrae.html

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

*